A Internet está deixando você burro? (revista Galileu)

A revista Galileu de agosto de 2010 (edição 229) tem como reportagem de capa “A Internet está deixando você burro? Novos estudos provam que a rede altera o funcionamento do cérebro. Entenda como.”.

O artigo também está disponível no site da revista, mas somente para assinantes: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI156856-17773,00-A+INTERNET+ESTA+DEIXANDO+VOCE+BURRO+TRECHO.html

Vale a pena ler a reportagem toda, mas farei aqui um brevíssimo resumo para poder tecer então meus comentários:
A internet está nos deixando burros porque nossos estudos estão se tornando rasos. Consumimos pequenos fragmentos de muitas coisas ao mesmo tempo. Twitter, Flickr, Orkut, Facebook, MSN, portais, e-mails, TV a cabo (opa! Esta não é de internet e entrou na lista!) – tudo ao mesmo tempo. Ahhh, o problema não é o conteúdo da internet. O conteúdo da internet não está raso. Raso estamos nós (segundo a reportagem) porque optamos por consumir uma grande miríade de informações que simultaneamente se apresentam à nossa disposição. Estamos nos tornando multitarefa, mas com isso fazemos muitas coisas ao mesmo tempo porém todas elas com superficialidade, pouca qualidade e baixa retenção. Estamos aprendendo pouco com esse hábito. Por isso estamos emburrecendo.

Lembrem-se de que esse é o meu resumo – outras pessoas podem resumir o artigo de forma diferente.

Mas vamos ao que me incomoda.

“A internet está nos emburrecendo”. Veja bem, não é a internet. Somos nós. Se optarmos por consumir informações com superficialidade seremos, sim, superficiais. Isso vale também para livros e revistas.

“Multitarefa é ruim”. Ué, essa não era uma característica feminina que nós, homens, sempre cobiçamos? Homens são focados e mulheres são multitarefa, não era isso? É claro que todos podem aprender a ser qualquer coisa – mas certamente ser multitarefa nunca foi um demérito.

“Isso tem a ver com gestão do conhecimento?” Bem, se você ou alguém de sua equipe está se tornando incapaz de fazer análises e tomar decisões porque está se tornando superficial, sim. Mas e se o trabalho da equipe em questão for exatamente processar grande volumes de informações de fontes diferentes – essa característica multitarefa não será um requisito para o trabalho? De qualquer forma a resposta é sim – gestão do conhecimento deve se preocupar com isso.

Eu prefiro (por enquanto) interpretar o fenômeno da seguinte forma: consumir superficialmente a ponto de perder a habilidade (paciência e capacidade de compreensão, eu diria) de digerir textos longos e conciliar abordagens diversas é uma patologia. Algo como vício em videogames, cleptomania, TOC, fúria e outros comportamentos compulsivos. Se você tiver domínio sobre esse processo multitarefa, você terá uma competência valiosa. Se você estiver fazendo isso compulsivamente, provavelmente precisará tomar as rédeas da situação e auto-impor limites. A reportagem traz dicas: e-mail e Twitter tem horas certa, arranque as distrações da tela, vá dar uma volta no parque, não deixe os livros de lado e desconecte-se de vez em quando.

4 pensamentos sobre “A Internet está deixando você burro? (revista Galileu)

  1. A internet ocupou um lugar no uso do excedente de tempo que antes era da televisão, do sono, do contato pessoal, do bar, etc.

    A pessoa que não tem interesse em se aprofundar nas coisas, seja lendo um livro, seja fazendo um curso ou pesquisando de forma estruturada na internet antes estaria jogando papo fora ou assistindo passivamente a TV.

    Não li a matéria mas pelos seus comentários achei seus argumentos (da revista) extramamente frágeis.

  2. eu lí a matéria…
    sim, tem muitas pessoas com esta característica, mas tem que saber aproveitar o que a rede oferece..
    Quando tenho algum tema de interesse mais especifico eu estudo o assunto de forma mais profunda…isto vai baixando livros em pdf, pegando trabalhos acadêmicos, redes sociais..etc..enfim…
    *
    mas é valido a posição da matéria sobre as pessoas buscarem a informação de forma fragmentada…
    *
    tem uma parte da materia que é interessante tb, o fato de estarmos com um desvio de atenção devido em parte aos hyperlink…isto é fato….e um certo problema….
    quando estou na web é dificil focar 100% a atenção em um assunto…mesmo quando estou trabalhando em algo…sou interrompido diversas vezes….as vezes estou buscando algum assunto, lembro de outro e já inicio uma busca…e por ai vai…
    é completamente diferentemente a forma de trabalho na web e numa sala fechada, com um livro….com poucos desvios de atenção…
    cada caso é um caso…tem que avaliar a situação e ver o que é melhor…

  3. Oi, Raquel e Daniel. Obrigado pela visita e pelos comentários.
    Pois é, no final das contas parece que não somos exatamente “vítimas da internet”. Cabe ao indivíduo zelar pela utilização correta dos recursos disponíveis.
    É claro que não deve assim fácil – se dependesse apenas de boa vontade não teríamos viciados em jogos, bebida, fumo ou drogas.
    Com isso talvez a empresa possa se preocupar: em preparar seus colaboradores para que saibam utilizar os recursos que vieram junto com a internet de forma sadia.

  4. Às vezes eu tenho a impressão que não consigo me lembrar dos principais artigos que li há quinze dias, por exemplo. Mas ontem, ao discutir um assunto de economia com um amigo percebi que sim, muitas da impressões que passei estavam baseadas no que li em meus feeds na Internet.

    Acredito que haja dificuldade de lembrarmos de artigos específicos porque são muitos, de fontes variadas e expressam opiniões diferentes sobre um mesmo assunto. Mas, ao mesmo tempo, acredito que a leitura propiciada por feeds e portais ajuda a criar consciência sobre um determinado assunto. Quem lê na Internet cria sua própria opinião com base em diversos depoimentos e é capaz, sim, de armazenar informação, mesmo que não consiga identificar detalhadamente todas suas fontes e estrutura de exposição na origem. Não acho que isso seja ruim, pois acabamos trocando detalhamento por volume de fontes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s